[ editar artigo]

OS EFEITOS DO TREINAMENTO DO CORE NA QUALIDADE DE VIDA E PERFORMANCE

OS EFEITOS DO TREINAMENTO DO CORE NA QUALIDADE DE VIDA E PERFORMANCE

Tem-se falado muito do trabalho de treinamento de core, suas vantagens tanto pra indivíduos saudáveis, sedentários e atletas. Assim, essa postagem vem com idéias através de artigos científicos para como trabalhar esse tal core e também se há realmente importância para o indivíduo o seu treinamento.

O Core é um composto de 29 músculos que tem por objetivo a estabilização da coluna e é considerada como uma zona de transição de forças entre os membros inferiores e superiores e assim, estar associada a melhor desempenho de performance e qualidade de vida, diminuindo lesões. A ativação do Core e suas funções são estudos desde 1980, porém ainda tem uma carência nas necessidades de mais estudos sobre a capacidade de força dinâmica e potência. Porém as literaturas atuais mostram que se deve ter um Core forte em relação à resistência isocinética e isometria, prevenindo lesões. 

A principio, conclui-se que a região do core é uma estrutura complexa que tem por função anexar o trabalho de membros superiores e inferiores ajudando na estabilização da região lombo-pelvica, sendo assim, uma estrutura complexa. 
Deve-se pensar em sempre em ao fazer o trabalho de exercício físico com qualquer indivíduo (condicionado ou não) com alto nível de segurança. Já que o core também ajuda a proteger a região da coluna, deve sempre estar ativo. Evitando assim lesões ou incapacidade de gerar ou transferir movimento.
O trabalho de core para indivíduos saudáveis deve ser feito para evitar lesões ou prejuízos em gerar movimento. Já em atletas de alto nível, deve se fazer o trabalho específico ao treinamento do desporto.
Portanto, cabe ao profissional de educação física se especializar e conhecer sobre esse complexo do core, com objetivo de atender, proteger e desenvolver as necessidades do objetivo do cliente

Ler matéria completa
Indicados para você